18 dezembro, 2005

A ultima semana...

Ate que enfim conseguimos publicar aqui no blog. Tentamos um internet cafe diferente a uns dois dias atras, mas nao deu pra fazer nada por causa da lentidao da conexao. Mas enfim, aqui vao as ultimas de Dili...

Fizemos 3 mergulhos nesssa semana. Os nomes dos pontos sao bem interessantes: K41(kilometro 41), Dirt Road (estrada de barro) e K57 (kilometro 57). Basicamrnte os nomes sao dados de acordo com a ditancia de Dili, ja que o acesso eh por carro e nao eh necessario barco pra ir pra esses lugares. Basicamente entramos numa pick-up e pegamos a estrada. Os mergulhos que fizemos foram a leste de Dili, que parecem ser os melhores. Quando chegamos no local escolhido eh so se equipar em cima de uma esteira e andamos ate o mar. Entao nadamos 20 metros em no topo da franja do recife e aparece uma parede que vai fudo, muito fundo! A plataforma contineental eh bem estreita e bem perto da costa eh possivel ter profundidades de 2000m. Descemos ate 30m em um desses mertgulhos e estava bem longe de terminar a parede. O recife em muito colorido. ja vimos peixe-leao, peixes palhaco, o 'Gill' e a 'Dori', os peixes do filme Nemo. Ai embaixo vao algumas fotos pra voces verem que nao eh historia de pescador...


Manu montando o cilindro.


Mergulho no Dirt Road. Eh so nadar um pouquinho que chegamos na parede. Da pra ir de cachorrinho!

Ah sim, Dili esta se recuperando da guerra que houve pela independencia. Os indonesios deixaram o pais em 1999, mas houveram massacres da populacao local. Eles tambem queimaram cerca de 85% dos predios. O que existe aqui hoje eh a reconstrucao do pais, mas ainda existem probloemas serios de infra estrutura. A agua aqui eh bastante inconstante, apesar de ser tratada. Eletricidade tambem eh cortada de tempos em tempos. MAs nada disso eh um grande impedimento pra vir, pois todo mundo se arruma do jeito que pode, construindo tanques de agua e por ai vai.

A comida pode ser comprada na rua. Tem supermercado aqui como produtos importados, mas o mel;hor memso eh ficar na porta de casda e comprar direto com os produtores/pescadores e afins. Por exemplo, compramos esse vermelho na porta de casa. Buia clasifique e de a importancia ecologica...


Leo preparando o vermelho...


Aqui vai mais uma foto do ponto de mergulho, dessa vez o K57.


K57. Esse pontinho preto dentro da agua e perto da praia eh Manu. A aprede eh logo depois dessa pedra escura na praia. Facil, ne?


No dia 15/12, alem do aniversario da mae/sogra Diva, tivemos uma festa do neto da Tia Milu e do Tio Ze. Manu ajudou com a catupa, um prato tipico de arroz cozido nesas trouxinhas feitas de palha de coqueiro. O arroz eh cozido no leite de coco. Muito bom!

Manu e Tia Milu fazendo catupa.

3 comentários:

Beta disse...

Manu e Léo!
Só agora descobri do Blog!!!! Os Taboadas omitiram essa outra nova fonte de informações sobre sua vida....kkkkk Fico feliz de saber que estão se divertindo por aí! Lugar lindo esse né?!!! Espero que esteja tudo bem.. e vê se convidam a gente pro casamento!
Bjo beeeem grande

Anônimo disse...

Manu e Leo,

De quem foi esse primeiro comentario, pois nao teve identificação de quem postou.
Esses seus passeios sao mesmo de fazer inveja. Ve se mandam fotos da cidade de Dilli pra vermos a situação de como se encontram depois da guerra.

Marconi

Anônimo disse...

Remoso!
Antes de mais nada, quanto é 9x9, rápido!!
Mô primo, a foto do vermelho está sem luz, impossível de classificar e falar da sua importancia ecológica...
E esses mergulhos?! Viu alguma cobra marinha? E o polvo imitador? Se ligue nos octocorais pois há peixinhos vivendo entre os ramos! Faça fotos!
Por que você não faz um "polvo de búzio"?? Mas não passe a receita para ninguém!
Abração saudoso,
Buia